Finalizando mais uma série aqui no blog, trazendo a você qual foi o produto mais exportado pelo Brasil em 2019, e esse campeão é a soja.

É de conhecimento popular que o agronegócio brasileiro é muito forte no mercado internacional, inclusive temos artigos aqui sobre o assunto e mesmo a nossa pecuária já apareceu aqui no ranking de exportação.

Com isso em mente, não surpreende o fato da soja liderar o top 5 produtos mais exportados em 2019, e hoje vamos encerrar nossa série entendendo um pouco mais sobre esse insumo.

Para qual finalidade exportamos?

A soja é matéria prima para muitos produtos da indústria alimentícia mundial, e esta presente em praticamente todas as culturas, com uso grande e diário, devido a esse alto consumo, a demanda também é crescente.

Óleos, farinhas ou mesmo o grão em natura, tudo isso é exportado com a finalidade de abastecer os países com esse insumo para suprir a demanda alimentícia crescente, sem falar que a soja é um grão muito versátil.

Outro ponto que tem feito a procura por soja aumentar, é a cultura de veganos e vegetarianos, que cada vez mais ganha novos adeptos, e veem na soja um substituto viável para evitar o consumo de proteína animal.

Para onde exportamos?

E para surpresa de ninguém, nosso cliente preferencial na compra da soja brasileira, é a China.

Das quase 75 milhões de toneladas de soja exportadas em 2019, 78% disso, desembarcou na China, sendo os outros 22% pulverizados entre países da Ásia e da Europa.

Foi um bom ano para exportação desse insumo, ainda que tenha ficado um pouco abaixo do volume exportado em 2018, porém, especialistas acreditam que com os investimentos na modernização de equipamentos e melhorias de processos do setor agropecuário, a produção brasileira de soja seja cada vez maior, influenciando diretamente nos volumes exportados.

Conclusão

Chegamos ao fim de mais uma série, que teve como objetivo dar um panorama geral do que aconteceu de relevante no comércio exterior brasileiro em 2019. Juntamente com a nossa série top 10 países importadores e exportadores, conseguimos enxergar alguns padrões do mercado internacional, que podem direcionar o seu planejamento estratégico, para ingressar com seu negócio no comércio exterior, com muito mais assertividade.

Entendendo quais segmentos e quais países tem uma boa co-relação no mercado exterior, fica mais simples de encontrar um lugar que seja adequado para o que o seu produto ou serviço possa ter uma boa performance na exportação.

Continue ligado no nosso blog, toda semana vamos trazer dicas para desmistificar o comércio exterior e te auxiliar a dar seus primeiros passos nesse mercado.

E para quem quer agilidade, fale agora com a nossa assessoria especializada e saiba o que podemos fazer por você.