Brexit

Há um tempo, falamos sobre o fechamento do acordo de comércio entre Mercosul e União Europeiaque trouxe otimismo para o setor de comércio exterior, uma vez que isso facilitará as negociações e diminuirá as burocracias.

Mas até então, não tínhamos considerado esse imbróglio com relação ao Brexit.

A saída do Reino Unido da União Europeia poderá ter um impacto econômico não só na Europa mas no mundo todo, e isso deve resvalar no acordo firmado recentemente.

Já de cara, se confirmado, o Brexit fará com que um acordo específico com o Reino Unido precise ser costurado para comportar as demandas britânicas, uma vez que o primeiro ministro Boris Johnson já confirmou que a saída será concluída na data limite de 31 de outubro de 2019.

Lucas Ferraz, secretário de Comércio Exterior do Ministério da Economia do Brasil, acredita que mesmo com a saída, ainda seja possível renegociar o acordo nos mesmos termos com o Reino Unido, sem maiores problemas, pois a parte comercial tende a ter um andamento mais rápido no parlamento do que outras questões de política internacional.

Além do mais, o Governo Federal, na figura do secretário Lucas Ferraz, tem atuado constantemente na Europa para fechar acordos com os demais países que não integram a União Europeia. Como é o caso do EFTA, bloco econômico que reúne Suíça, Islândia, Noruega e Liechtenstein.

O acordo entre Mercosul e União Europeia eliminará tarifas de importação para mais de 90% dos produtos comercializados entre os blocos, e se conseguirmos os mesmo termos com a EFTA, Canadá e Coréia do Sul, que tem sido os próximos alvos, poderemos ver um aumento nos volumes transacionados na nossa balança comercial nos próximos anos.

Por isso é tão importante consolidar essa relação o quanto antes, para que o Brasil possa fechar parceria com o maior número de países possível, tornando nosso comércio exterior mais robusto e menos burocrático.

Muito se temia que a turbulência do Brexit gerasse atrasos nas demais negociações, mas segundo o secretário Lucas Ferraz, o processo tem andado dentro da velocidade esperada, e em breve teremos mais notícias, por isso fique sempre atento aqui ao blog e assine a nossa newsletter para não perder nada.

Com tudo que temos abordado aqui nos últimos meses, sobre acordo com a União Europeia, crescimento do mercado chinês e as relações com os EUA se estreitando, podemos dizer que finalmente o Brasil tem dado a devida atenção ao setor de comércio exterior.

Por isso nossos profissionais desta área tem trabalhado de forma constante para estar bem informado e trazer o melhor direcionamento para que você possa colocar sua empresa em negociações internacionais.

No entanto, o nosso país ainda está no começo dessa revolução, então podemos esperar mais mudanças e ajustes nos mecanismos do trade internacional, por isso ter parceiros experientes para te ajudar a entrar nesse mundo de negociações é fundamental para mitigar os prejuízos.

Aqui na Samerica Trade o que não falta são profissionais e consultores prontos para te guiar, saiba mais sobre nossa assessoria.

CLOSE
CLOSE