Cooperativas

O crescimento das relações comerciais do Brasil com os países de todo mundo tem sido assunto constante aqui no blog. China, Europa e recentemente o mundo árabe marcaram presença por aqui.

Nesse contexto, não poderíamos deixar de falar sobre um dos fatores responsáveis pelo crescimento do agronegócio brasileiro no exterior: a cooperativa de trabalho.

Aproveite para assinar a nossa newsletter e ficar por dentro de todas as novidades.

Mas afinal, o que é uma cooperativa de trabalho?

Apesar de muitas pessoas não entenderem seu real significado, a cooperativa de trabalho vem se tornando um modelo de atuação global, ocupando lugar de destaque, principalmente, no Brasil.

De acordo com a Lei Nº 12.690/2012, a cooperativa é uma sociedade formada por trabalhadores que têm proveito comum, autonomia e autogestão com o intuito de obter qualificação profissional e pessoal, resultados positivos e boas condições de trabalho. Tudo isso de maneira cooperativa entre os membros, como o próprio nome sugere.

De maneira sucinta, as cooperativas de trabalho foram criadas por profissionais autônomos que decidiram se unir para conseguir melhores condições de trabalho e, portanto, de vida.

Nesse modelo, os profissionais que desejam fazer parte de uma mesma cooperativa possuem os mesmos direitos e os mesmos deveres, que são estabelecidos em sua fundação. Confira os principais:

– Adesão voluntária e livre sem discriminação

– Gestão democrática

– Participação econômica dos membros: todos os cooperadores devem contribuir financeiramente com a cooperativa

– Interesse pela comunidade

Dados recentes da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) mostram que no país existem aproximadamente 895 cooperativas com mais de 190 mil cooperadores.

Ainda de acordo com a OCB, as cooperativas estão presentes em diversos setores. Dentre eles, são destaques as que envolvem saúde, agropecuária, infraestrutura e educação.

Agora que você já sabe o que é uma cooperativa de trabalho, deve estar se perguntando: será que vale a pena importar e exportar via cooperativa?

A resposta para essa questão é com certeza! Continue lendo e veja o porquê.

Vantagens de importar e exportar via cooperativa

Já que no começo mencionamos a questão da agropecuária, não poderíamos deixar de destacar que grande parte desse reconhecimento internacional é devido ao sucesso que as cooperativas agropecuárias têm feito em todo o mundo.

Para você ter uma ideia, elas correspondem a quase metade de toda a produção do agronegócio brasileiro. Portanto, merecem reconhecimento e valorização.

A seguir, confira as principais vantagens de exportar e importar via cooperativa:

– Todos os cooperadores exercem cargos de responsabilidade e almejam qualificação profissional. Logo, você não vai precisar se preocupar com funcionários que não estão satisfeitos com o serviço.

– Há uma redução de custos de quase 60%, já que os encargos trabalhistas são diminuídos no modelo de cooperativa.

– De acordo com a Lei Nº 12.690/2012, o método de contratação de funcionários é feito de maneira legal.

Gostaria de saber mais sobre as cooperativas de trabalho e como elas podem contribuir para a exportação ou importação de seus produtos? Entre em contato conosco pelo formulário e tire todas as suas dúvidas!

CLOSE
CLOSE