“Parece que a Samerica Trade está repetindo um tema do blog.”

Se o pensamento acima passou pela sua cabeça, calma, nós podemos explicar.

Temos já aqui no blog o artigo que fala da Holanda como sexto maior exportador mundial, mas hoje, o assunto é a posição do país na nossa lista de melhores clientes, pois os holandeses foram nosso quarto maior comprador no ano passado (2019).

Portanto, no artigo de hoje, vamos entender um pouco mais das relações comerciais entre nossos países, e que oportunidades podemos esperar no futuro.

Holanda, pertinho do pódio

Como falamos no título, a Holanda ficou na quarta colocação dos países que mais compraram do Brasil em 2019, chegando ao expressivo volume de 10.1 bilhões de dólares em importações, deixando um superávit de 7 bilhões de dólares para o Brasil.

E nos primeiros meses de 2020, antes da pandemia do coronavírus, o país já havia importado cerca de 2 bilhões de dólares em insumos brasileiros, o que se mostrava ser um aumento expressivo comparando ao mesmo período do ano anterior.

Os insumos que mais vendemos no ano passado são bem variados nos setores, com destaque maior para soja, óleos brutos de petróleo e minério de ferro, que representaram uma fatia de 35% da gama de produtos exportados. Nesse ritmo que estávamos, a tendência era ter um 2020 com uma balança comercial bem lucrativa, porém, o Covid-19 desacelerou o mundo todo.

Expectativas no pós crise

No artigo anterior sobre a Holanda, ressaltamos que o combate ao coronavírus no país tem trazido bons resultados, e devido à alta renda per capita da população, é possível prever que o país passara pela pandemia sem danos expressivos a sua economia.

Num cenários bem otimista, podemos imaginar que o ritmo de atividade holandês no comercio exterior será retomado a todo vapor, abrindo caminhos para surgimento de novos negócios.

Por isso sempre reforçamos a necessidade de ter um planejamento na sua empresa, principalmente nesse momento de crise, onde uma oportunidade bem aproveitada pode ser a salvação do seu fluxo de caixa. Mantenha-se informado sobre como esses e outros potenciais parceiros estão enfrentando a pandemia, e esteja pronto na medida do possível para atender as eventuais demandas.

Um cliente que foi tão lucrativo para o país no ano passado, pode ser ainda mais benéfico para sua empresa no futuro, por isso, assine a nossa newsletter para acompanhar as notícias fresquinhas do mercado do comex, e sair na frente dessa retomada.

Enfim, é importante mantermos a atividade nesse momento e se planejar, porque acredite, a crise vai passar.