No comércio exterior, um grande fator que gera muito prejuízo é a perda de mercadoria. Seja por conta de acidentes, extravios ou até por erro de documentação que faz com que a carga seja apreendida. O fato é que isso pode representar um rombo financeiro muito grande, irrecuperável no caso de pequenas empresas.

Por isso a importância de ingressar no comércio exterior com o mínimo de auxílio de um profissional, pois só assim você consegue ter a tranquilidade de que sua mercadoria vai chegar ao destino e também estará assegurada para caso de catástrofes acidentais.

E hoje, vamos falar algumas maneiras de você mitigar a perda de mercadoria no comércio exterior.

Vamos lá.

As regras de ouro para proteger sua carga

Existem alguns cuidados que você deve tomar, tanto na exportação quanto na importação, para garantir que sua mercadoria vai chegar ao destino e será desembaraçada sem muitos problemas, vamos à lista:

  1. Compliance

É importantíssimo ter um bom compliance bem parametrizado com os padrões internacionais e principalmente buscar parceiros comerciais que tenham essa parte bem definida. Isso serve para proteger o interesse de ambas as partes e assegurar a carga. Inclusive falamos recentemente como desenvolver um bom compliance para o seu negócio.

  1. Classificação e nomenclatura adequadas

Temos uma extensa série no blog sobre os INCOTERMS, e esses serão bons guias para você entender quais são as nomenclaturas e classificações adequadas para fazer o preenchimento das documentações. Também abordamos no nosso podcast alguns termos do comércio exterior que ajudam a direcionar bem o empresário que está atuando no setor. E isso é importante, pois documentos irregulares são uma das grandes causas que podem te fazer sofrer uma perda na mercadoria e consequentemente perder dinheiro.

  1. Use os acordos internacionais

Essa é uma boa forma de garantir uma menor burocracia no processo e ainda ter benefícios fiscais interessantes. Países com quem o Brasil possui acordos comerciais bi-laterais, tendem a ter um fluxo constante e alto de transações, o que facilita o desembaraço aduaneiro nos portos e diminui a chance da sua carga ficar presa.

  1. Auxílio Profissional

Estamos puxando sardinha para gente, mas o fato é, que ter o auxílio de um profissional de comércio exterior durante o processo é fundamental para otimizar o tempo, preencher corretamente as documentações, utilizar INCOTERMS adequados e conseguir seguros de cargas vantajosos. Ou seja, o profissional de comércio exterior sabe os atalhos para conseguir que os trâmites transcorram da forma mais acertiva possível.

Obviamente, que estamos falando de profissionais experientes, que sejam especialistas na teoria, mas que também combinem a prática extensa e com sucesso comprovado, como é o nosso caso aqui na Samerica Trade.

Por isso, conheça nossa assessoria especializada, veja também nossos outros conteúdos que serão essenciais, principalmente para os primeiros passos no mundo do comércio exterior.

Concluindo, com o conhecimento correto dos processos e o auxílio profissional, as chances de sofrer com perda de mercadoria ficam muito menores, por isso assine também nossa newsletter e fique sempre sabendo das novidades do comércio exterior.