Há pouco falamos aqui no blog sobre o consórcio exportação, que tem se mostrado uma alternativa viável para que pequenos produtores possam se unir com o objetivo em comum de exportar seu produto para o mundo e alavancar as suas receitas.

O movimento contrário também é possível, ou seja, se unir a parceiros do seu segmento para importar também pode ser algo muito proveitoso para seu negócio.

Por isso, fique atento para saber como funciona o consórcio importação e como empregar em seus produtos ou serviços.

Boa leitura.

Grandes Volumes, grande economia

Se no Brasil o consoórcio exportação ainda é pouco utilizado, o consórcio importação é quase desconhecido para a maioria dos empresários.

Isso porquê, para fins da Receita Federal não há tantos incentivos assim, uma vez que entendem que o consórcio não configura uma unidade jurídica.

Porém existem muitos outros benefícios de optar pela importação através de consórcio, pois com mais parceiros é possível importar contêineres cheios, ou seja, com mais volume de insumos, o que por si só já representa um abatimento razoável nos custos.

Os benefícios vão além, como veremos a frente.

Fortalecimento da indústria nacional

O consórcio importação promove algumas vantagens para o empresário, principalmente no longo prazo.

Destacamos as seguintes:

  • Integração
  • Presença internacional
  • Fortalecimento do setor de atuação

A integração é um benefício importante, pois promove um networking entre empresas do mesmo setor, e isso favorece o fortalecimento e o crescimento do mercado em que atuam, uma vez que a produção de todas passa a estar em nível semelhante.

A união promovida pelo consórcio, além de trazer um poder aquisitivo maior para a negociação, ainda traz mais relevância na hora de fechar os acordos internacionais. Isso porque, a percepção dos parceiros no exterior é de que o mercado nacional é estruturado e organizado o suficiente a ponto de ter esse tipo de união produtiva.

Por fim, a última vantagem que destacamos aqui é que o consórcio importação fortalece o setor de atuação das empresas, pois podem agregar tecnologias novas a sua produção, utilizando dos insumos importados, e elevando o nível do que é produzido aqui no país.

Concluindo, existem sim vantagens atrativas para importar via consórcio, contudo é preciso muita cautela antes de ingressar.

Conhecer bem o seu mercado, ter um bom relacionamento com seus concorrentes direto e praticar a competição justa, são pontos fundamentais a serem confirmados antes de considerar ingressar num consórcio, seja importação ou exportação.

A reputação da sua empresa está em risco, e você pode acabar pagando por falhas de outrem, por isso faça uma boa pesquisa e um bom planejamento.

A dica de ouro é ter um profissional de comércio exterior, ou uma empresa de trading como a Samerica, para intermediar não só o relacionamento com seus pares, mas também para prospectar as melhores oportunidades no exterior.

Fale conosco e confira como podemos de ajudar e esclarecer mais dúvidas quanto a consórcio importação.

E claro, não deixe de conferir também nossos outros serviços.