Todo empresário vive buscando meios de reduzir seus custos para aumentar suas receitas.

Para muitos, a importação é uma saída, quando encontram boas oportunidades para adquirir produtos inovadores ou a preços mais competitivos. Para isso, aqui na Samerica Trade temos uma assessoria especializada para ajudar essas empresas a ingressarem no comércio exterior e aproveitar as melhores oportunidades reduzindo os riscos.

Temos também toda semana conteúdos com dicas para ajudar o empreendedor que deseja se aventurar por conta própria. Porém, temos recebidos mensagens de pessoas perguntando se podem importar mesmo sem possuir um CNPJ, por isso viemos esclarecer alguns pontos.

Primeiramente, sim, você pode importar mesmo sem CNPJ, inclusive pelos Correios com o importa fácil, porém você irá enfrentar algumas limitações que podem ser contornadas, mas com muita prudência.

O limite para importação de pessoa física é de 3 mil dólares por operação, ou seja, você pode importar 3000 dólares em produtos hoje, depois mais 3 mil dólares na próxima semana, e assim por diante, aumentando um pouco o volume importado dentro do mês para compor um estoque. Cada operação é taxada com o ICMS, um dos impostos normais de importação, porém existem formas de você se isentar dele.

Em transações de até 500 dólares por operação, o importador fica isento da taxação de ICMS e vai arcar apenas com os custos de transporte e outras taxas postais menores. Mas não se engane achando que pode fazer várias operações abaixo desse valor para se safar de impostos, a Receita Federal eventualmente percebera e você será penalizado com taxas ainda maiores.

Uma boa recomendação é, fazer compras que sejam acima de 100 dólares, assim os tributos individuais serão menores importando numa única operação nesse valor, do que comprando 10 produtos diferentes a 10 dólares cada, por exemplo.

Por conta das limitações de quantidade, é recomendado importar como pessoa física para fins pessoais, ou produtos pequenos para compor o seu portfólio. Nada pensando em alavancar sua lucratividade, pois para isso é necessário importar volumes maiores à preços mais competitivos.

A maior vantagem que enxergamos nesse tipo de transação, é que vai te dar a chance de experimentar o comércio exterior e conhecer mais do mercado internacional, e esse é um primeiro passo importante para alçar maiores voos no futuro.

No entanto, o próximo passo vai enfim requerer que você obtenha uma pessoa jurídica, e por mais desafiador e complicado que isso pareça, hoje em dia as legislações avançaram muito facilitando os processos. Por exemplo, hoje temos a disposição a modalidade de empresa MEI (Micro Empreendedor Individual) com a qual você pode ter um CNPJ com toda documentação para fazer importações acima de 3000 mil dólares e inclusive exportações se for do seu intuito.

A nossa equipe é especialista em inserir empreendedores no mercado internacional, inclusive, podemos auxiliar com o passo a passo para abertura de uma MEI para que você tenha um gostinho do comércio exterior sem correr tantos riscos.

 Consulte nossa assessoria

WhatsApp chat