Países que tem acordo comercial com o Brasil

Países que tem acordo comercial com o Brasil

Importação e ExportaçãoApesar da pandemia ter travado os acordos internacionais Mercosul e União Europeia, o Brasil possui acordos vigentes com vários países, o que significa oportunidades de negócios com menos burocracias.
Venha conhecer quem são os nossos parceiros pelo mundo.
Boa leitura.
As outras siglas dos acordos internacionais
Conhecemos o BRICS, o Mercosul e a OCDE como siglas de agrupamento de países como objetivos econômicos semelhantes, mas além desses grandes, há outras associações entre federações que poucos conhecem mas que geram muitos negócios.
Separamos algumas para você conhecer.
ALADI – A Associação Latino Americana De Integração foi fundada em 1980 com objetivo de inserir o continente numa troca econômica mais franca e vantajosa para todos os integrantes.
Atualmente a ALADI tem 13 membros, que são: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Cuba, Equador, México, Paraguai, Panamá, Peru, Uruguai e Venezuela.
Através da ALADI nosso país conseguiu estabelecer relações com vários outros blocos econômicos e países fora do continente americano, pois vem com a credencial de uma associação já consolidada.
E como mencionamos, o Mercosul ainda está negociando o acordo de livre comércio com a União Europeia, porém, a associação já tem acordos firmados com países como Índia e Israel, além de grande parte do continente africano.
Ao todo, podemos afirmar com certeza que o Brasil tem em vigência acordos com os seguintes países:

  • Argentina
  • Bolívia
  • Chile
  • Colômbia
  • Cuba
  • Equador
  • México
  • Paraguai
  • Panamá
  • Peru
  • Uruguai
  • Venezuela
  • Guiana
  • São Cristóvão
  • Névis
  • Suriname
  • Índia
  • Israel
  • África do Sul
  • Namíbia
  • Botsuana
  • Lesoto
  • Suazilândia
  • Egito

Ou seja, atualmente o Brasil está de acordo com quase 30 países de vários continentes, o que mostra que há inúmeras oportunidades de negócios para os mais variados insumos.
O que esperar dos acordos futuros?
Atualmente o que temos de informação é que os países ainda estão trabalhando para se recuperar dos impactos econômicos da pandemia, então os acordos estão avançando bem lentamente.
Entraves no campo político também vem sendo uma nuvem negra sobre as negociações, pois a mudança nas regras com relação a preservação ambiental adotadas aqui no Brasil, podem ser prejudiciais para conclusão deste acordo.
Já com relação ao ingresso do país na OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico), a mudança da presidência dos Estados Unidos pode gerar empecilhos, uma vez que a relação com o atual chefe de estado americano não é tão forte quanto era com antecessor.
Para ambos, nos resta aguardar qual será o desenrolar, que com o avanço da vacinação deve começar a se movimentar em breve.
E para quem quer operar no comércio exterior, não espere esses acordos futuros para começar, aproveite o que já temos em vigor e conte com a assessoria de profissionais experientes para te ajudar no planejamento completo da sua entrada no mercado internacional.
Fale com nossa equipe e tire suas dúvidas sobre comércio exterior em geral.

 

 

Abrir o chat
Precisa de ajuda?