Semana passada trouxemos uma opção para o empresário que quer importar, então nada mais justo que trazermos uma opção para o exportador.

Normalmente os Governos tendem a favorecer as exportações, pois isso impacta diretamente na saúde da economia em geral, mas mesmo assim, para pequenos produtores o investimento inicial é muito custoso, então o financiamento é uma opção muito viável.

E é disso que vamos falar.

Boa leitura.

Conheça o PROEX

O Programa de Financiamento às Exportações, criado em 1991 pelo Governo Federal, tem como objetivo incentivar e viabilizar exportação de bens de consumo brasileiros, com condições de financiamento que seja equivalentes as praticadas no mercado internacional.

Diferente do FINIMP que é na iniciativa privada, o PROEX é todo gerido por órgãos governamentais, como o Banco do Brasil, e o valor disponibilizado vem direto do Tesouro Nacional, com valores previstos no Orçamento Geral da União.

O financiamento é feito diretamente para o exportador, diferente do FINIMP que paga o fornecedor, e pode ser usada para exportação também de softwares e filmes.

Hoje, o PROEX tem duas modalidades, o financiamento e a equalização, ambos com vantagens e características distintas.

Proex Financiamento

Essa modalidade é parecida com um financiamento normal de instituições financeiras privadas, e está disponível para empresas com até R$ 600 milhões em faturamento bruto anual, com prazos de pagamento de vão de 60 dias até 10 anos. Porém, quanto mais longo o prazo maiores, são os juros, por isso um bom planejamento é importante.

As principais vantagens são:

  • Prazo de 60 dias a dez anos, definidos de acordo com a mercadoria ou  serviço prestado.
  • Financia até 100% do valor da exportação com prazo de até dois anos, e de até 85% nos demais casos.
  • Taxas de juros do mercado internacional.
  • Pagamento em parcelas semestrais, iguais e consecutivas.
  • Sem limite de valor ou de quantidade de mercadoria por operação ou embarque.
  • Aceita diversas modalidades de Garantias.

Principalmente para quem está começando e não tem o capital necessário mas confia na performance comercial do produto, essa modalidade é ideal.

Proex Equalização

Essa é uma forma híbrida entre o auxilio das instituições privadas e dos órgãos governamentais. Nessa modalidade não há limite para o porte da empresa, pois o PROEX serve para justamente assumir alguns encargos para que os custos da operação sejam equivalentes aos praticados no mercado internacional.

Os prazo vão de 60 dias a 15 anos, com taxas de juros semelhantes as do PROEX financiamento.

As principais vantagens são:

  • As condições podem ser definidas entre as partes previamente
  • O prazo pode variar de acordo com a mercadoria ou o serviço prestado, mas ficam entre os 60 dias e 10 anos.
  • Equalização até 85% do valor total da exportação
  • Pagamentos via emissão de Notas do Tesouro nacional

Essa modalidade é ideal para empresas que já atuam no mercado internacional, mas querem acelerar suas exportações, com juros mais baixos. É ótima pois diminui a necessidade de capital de giro.

Então, essas são as opções para o empreendedor que deseja exportar, mas não tem todo o dinheiro em caixa.
Lembrando que os financiamentos resolver a parte financeira, porém é importante se atentar as documentações e aos trâmites durante o processo, pois em caso de irregularidades, pode haver prejuízos muito grandes, maiores até que o abatimento de juros.

Por isso, antes de fazer seu financiamento exportação, fale com um profissional de comércio exterior. Aqui na Samerica Trade nossa equipe está pronta para assessora-lo desde o planejamento até o desembarque da carga no destino.

 

Abrir o chat
Precisa de ajuda?