Veste

Chegando no quarto artigo Entendendo a China, falaremos hoje da importância da vestimenta em reuniões com os nativos.

Nós, ocidentais, temos a ideia de que as roupas chinesas são aquelas que vemos nos filmes de luta, mas na realidade, são bem mais próximas das nossas, exclusos os casos de cerimônias.

A questão, então, é na escolha das peças e acessórios para reuniões formais, almoços e até eventos que envolverão negociações de cunho comercial.

Antigamente, haviam muitas restrições quanto ao que vestir em solo chinês. Decotes eram inaceitáveis para as mulheres e cores vibrantes eram desaconselháveis para ambos os sexos. Reunião de negócios eram adequados apenas o uso de ternos e gravatas de cores sóbrias.

Hoje em dia, devido a inevitável globalização e à política do país em se tornar um tanto mais aberta as demais culturas, as questões do que vestir estão mais amplas. Se você ver imagens da China de hoje em dia, vai ver todo o tipo de roupa que veria numa metrópole brasileira como São Paulo. É uma diversidade gigante, então não há mais tanto choque com relação às vestimentas por lá.

Isso, obviamente, tratando-se de momentos normais, como passeio e afins, porém para encontros de negócios, ainda impera um certo tradicionalismo.

Ou seja, durante as reuniões, o simples tem que ser a tônica. Um terno para os homens com camisa branca ou neutra e algo social para mulheres, nesses casos ainda é importante não mostrar muita pele. Os chineses apesar de virem se modernizando, se reservam de tradições que são reflexo de sua cultura, ou seja, cabe ao visitante respeitar isso acima de tudo.

No caso de querer ganhar alguns pontinhos de simpatia, como mencionamos nos outros artigos, uma gravata ou acessório vermelho tende a ser bem aceito por todos, vide que é a cor da bandeira do país. É muito possível que seja interpretado como uma homenagem, um sinal de boa fé. Se você reparar em fotos de solenidades chinesas e governantes, vai notar que a gravata vermelha é de uso constante local.

Outra cor que você pode inserir no seu visual é o dourado ou amarelo, pois na superstição chinesa, representam prosperidade e boa fortuna.

Como você deve ter observado na nossa série de curiosidade e dicas para se portar nas negociações com os chineses, um fator determinante aparece em todo artigo: o respeito.

Respeito principalmente pela tradição do país, pois estamos diante de uma cultura milenar e muito diferente da nossa em todos os aspectos possíveis e imagináveis. Então, em caso de dúvida, sempre opte pelo tradicional e em não ser o centro das atenções, deixe o cliente brilhar.

Fique de olho aqui no blog que em breve traremos mais curiosidades sobre a China, tudo para que você possa entrar nesse mundo do comércio exterior sabendo o mínimo para não fazer feio nas negociações.

CLOSE
CLOSE