Austrália vs China: a briga pelo minério.

O ano de 2021 começou com boas notícias para o Brasil, pois terminamos o ano anterior liderando junto com a Austrália o volume de exportação de minério de ferro para a China, com a Índia crescendo no retrovisor.

De lá para cá, as coisas avançaram muito, e hoje há uma preocupação com relação a alta dos preços do minério que tem causado uma disputa comercial grande entre China e Austrália.

Vamos tentar entender mais dos motivos dessa batalha, também o que levou a essa alta de preços do minério de minério e onde fica o Brasil em meio essa briga de gigantes.

Boa leitura.

Demanda sempre crescente

No ano de 2020 vimos Brasil e Austrália liderarem as exportações de minério para China, porém, o gigante asiático também aumentou o volume importado da Índia, sob a justificativa que a demanda interna tem crescido absurdamente, com as industrias trabalhando a todo vapor.

Isso pode ser um efeito da pandemia, pois logo no início, o país passou por um lockdown severo, e o mundo viu todas as industrias chinesas fechando, afim de conter o avanço do vírus no país.

A estratégia deu certo, tanto que ainda na metade do ano passado (2020) o país já voltava sua atividade econômica quase que com força total, por isso voltou a importar minério de ferro como nunca.

A China é de longe a maior produtora de aço do mundo, importou 44,8 milhões de toneladas de minério de ferro da Índia no ano passado, ante 23,8 milhões de toneladas adquiridas em 2019, e o maior em nove anos.

Isso em complemento as 713 milhões de toneladas importadas da Austrália e as 235 milhões de toneladas que o Brasil disponibilizou. Esse volume permitiu o país asiático bater seu recorde de produção, sendo produzidos 1,05 bilhão de toneladas de aço bruto.

Naturalmente esse demanda escalou em 2021, e a partir dai começou a disputa comercial com a Austrália, um dos seus maiores fornecedores.

Tensão e preços altos

Essa alta demanda da China pelo minério de ferro, tem elevando os preços de produtos de aço bruto, contudo não tem se refletido nos preços da matéria prima. Essa discrepância tem desagradado a Austrália, uma das principais fornecedoras.

No entanto, o motivo maior das tensões entre os países é puramente diplomática, uma vez que a Austrália vocalizou a favor de investigações que buscavam culpar a China pela origem do coronavirus, dando anuência aos discursos do Ex presidente dos EUA, Donald Trump.

Antes, a terra dos cangurus já havia banido a empresa chinesa Huawei de operar em seu território, então as tensões foram escalando nesse âmbito, enquanto na parte comercial tudo parecia ir bem.

Recentemente, taxas da China para produtos australianos começaram a sem implementadas como contra medidas, então a Austrália resolveu bater onde dói, dificultando as negociações de minério de ferro, nesse momento de alta produção do parceiro asiático, e isso tem feito os preços subirem.

Até o momento, o que sabemos é que a China depende muito do minério de ferro australiano e provavelmente irão ceder em algo para amenizar a situação. A Austrália também deve adotar uma postura mais diplomática, ainda espelhando os Estados Unidos, que na administração atual de Joe Biden, tem tido tratamentos menos belicosos para com o gigante asiático.

E o Brasil onde fica?

Bom, as notícias recentes mostram que temos nossos próprios problemas diplomáticos para resolver com a China, contudo na parte comercial, o nosso minério de ferro ficou ainda mais precioso e poderemos observar uma alta nas exportações desse insumo.

Enfim, o ponto principal aqui é que comercio exterior vai muito além de oferta e demanda, e o relacionamento tem sim um peso muito grande nas negociações.

Por isso, é importante buscar auxilio de profissionais de comercio exterior antes de iniciar um processo de exportação ou importação, para que seja bem mais assertivos.

Conte com a Samerica Trade para ajuda-lo, principalmente na exportação.

Aqui na Samerica Trade temos consultoria especializada para que você possa tirar suas dúvidas sobre planejamento de importação e tudo mais que acontece no comércio exterior. Fale conosco e descubra como podemos lhe ajudar.

Veja também os outros serviços que a Samerica Trade oferece para importador e exportador de todos os tamanhos.

  • Assessoria Exportação
  • Assessoria Importação
  • Consultoria
  • Habilitação no RADAR
  • Exportação Indireta
  • Importação via Pessoa Física
  • Despacho aduaneiro importação
  • Despacho aduaneiro exportação
  • Regimes Aduaneiros Especiais
  • Ex tarifário
  • Terceirização do Departamento de Importação
  • Terceirização do Departamento de Exportação
  • Inteligência de mercado
  • Prospecção de fornecedores no exterior
  • Prospecção de compradores no exterior
  • Assessoria em negociações
  • Feiras e Eventos internacionais
  • Assessoria em Consorcio exportação
  • Assessoria em Consórcio Importação
  • Get The Best From Brazil

E muito mais para você finalmente colocar seus produtos e seus serviços no mercado internacional. Fale conosco e aproveite nossas soluções.

Abrir o chat
Precisa de ajuda?